Esperanças de um mundo melhor

Oi meninas! Esse não é o foco do blog, mas não podemos ficar totalmente alienados do mundo fingindo que está tudo bem, com todas estas manifestações acontecendo. Não sou contra a polícia, porque sei que eles estão apenas seguindo regras. Mas tem policial que está abusando do poder que tem. Tem manifestante ultrapassando os limites sim, e sei disso por estar envolvida em grupo de manifestantes em redes sociais que falaram que querem é "quebra pau" com as autoridades, porque sem violência as coisas não vão para frente. 


E é como um "tapa na cara" para essa (felizmente) minoria de manifestantes que não estão pensando no conjunto e só querem causar tumulto, e para os policiais que só pensam em abusar do poder e mostrar quem é que manda, que eu venho falar de uma coronel de Belo Horizonte, que soube muito bem ministrar as passeatas e mostrou que polícia e manifestantes podem sim andar juntos e sem violência. É a coronel Cláudia Romualdo, Comandante do Policiamento da Capital, que pode responder por desobediência à liminar da Justiça Mineira, que proíbe qualquer tipo de manifestação que interrompa total ou parcialmente o trânsito durante a Copa das Confederações. Foi a primeira mulher a assumir o policiamento de Belo Horizonte e está no cargo desde 2011.

Além dos 8 mil manifestantes que fizeram a passeata sábado, dia 15, durante o jogo do Brasil como Japão, não terem sido obstruídos pela polícia, eles foram acompanhados pela mesma, que garantiu a segurança da manifestação, sem nenhum confronto violento e com ruas interditadas pela própria polícia para que a passeata pudesse passar.

É com atitudes assim que a gente tem esperanças de que o mundo pode sim ser um pouquinho melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário